domingo, dezembro 10, 2006


Tudo dar


Tudo dar, as raízes, o tempo, a própria língua. Depois, se mesmo assim não chegar, desistir de lutar.

Um comentário:

Cesar Lima disse...

A efemera gasta todas as suas energias para gozar o ultimo dia de vida. Se por algum momento desistisse de lutar, nunca chegaria a voar.