segunda-feira, janeiro 01, 2007


Atira-te ao rio



Imagina uns enormes lençóis prateados, a perder de vista, bem lisos. Uns sobem ou seja inspiram, outros descem, ou seja expiram todo o ar interior. Imagina todas as luzes da cidade-luz reflectidas nesses lençóis-espelho.

Agora imagina que sombras de casas desertas , de guindastes, de chaminés, de velhas fábricas dançam sobre os lençóis. Tudo isto banhado por aquele azul-estranho que só vem áquela hora, naquele sítio.

Já imaginaste? Então não esperes mais, atira-te.Não há melhor maneira de começar um ano.

2 comentários:

Sónia Lima disse...

Que óptima ideia para começar 2007! Votos de um ano cheio de luz cor de prata e momentos felizes!

entre-gaivotas disse...

Caro Homem do Farol. Ao som destes pianos, digo-te que venho ao seu espaço emocionada. Que tenhas um ano de sonhos e realidades!