sexta-feira, outubro 31, 2008


Desenhos da Crise


Uma história sem moral nenhuma


Era uma vez uma história que não tinha moral nenhuma. Não porque todos os personagens fossem devassos, corruptos ou bêbados. Havia de tudo, um bom, que queria que houvesse menos sofrimento à volta dele, um mau, que não olhava a meios para atingir os fins, e um vilão, daqueles que vivem da mentira e sentem prazer com o mal dos outros. Havia também uma donzela que, claro, queria casar e ter meninos. Nisso era até uma história bem real. O problema é que se chegava ao fim e se perguntava: "Mas afinal qual é a moral da história?" E não tinha.

Nenhum comentário: