terça-feira, novembro 02, 2010

De volta a Lisboa


Onde tudo está como estava há trinta anos, para sempre.

Um comentário:

Hilton Valeriano disse...

O que transcende o tempo...