quinta-feira, setembro 08, 2005


O teu gato

O teu Gato é selvagem.
No silêncio da noite
Em caçadas noturnas
Salta de uma janela para outra
E desta para o teu colo
À caça das tuas carícias
Fugidio, esquivo, misterioso
Sempre em busca do invisível
Como tu,
Ermita, Noite Lua, Nove.

Um comentário:

El siervo disse...

¡¡Que expresión!! Me ha gustado mucho esto... y eso que los gatos no son mis animales favoritos.

Aunque los gatos salvajes siempre han tenido una belleza especial.

Saludos