segunda-feira, setembro 25, 2006



Mais do que nunca

Mais do que nunca ele entendeu o significado da trégua. Sabia que tinha de saborear, cada beijo, cada grama de ar respirado, cada toque, cada olhar, mesmo cada silêncio , desde que fosse presença.

2 comentários:

Nesita disse...

os desenhos estão a ficar cada vez melhores. :)

Boa viagem!

Nesita disse...

os desenhos estão a ficar cada vez melhores. :)

Boa viagem!